"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

06/09/2018 08:29 - 24º Grito dos Excluídos/as. Vida em Primeiro Lugar. “DESIGUALDADE GERA VIOLÊNCIA: BASTA DE PRIVILÉGIO” - NENHUM DIREITO A MENOS

No dia 07 de setembro será realizado o 24º Grito dos Excluídos. A arte nacional deste ano é de autoria de Nivalmir Santana, Artista plástico formado pela Belas Artes de São Paulo e Unesp. Nivalmir  trabalha há mais de 28 anos com arte sacra em igrejas espalhadas por todo o Brasil. Atua como músico no curso de verão na PUC SP desde 1991. Há 6 anos formou uma banda de forró pé de Serra chamada Capim novo, e  segue comunicando a vida com sua arte.

Em Campo Grande-MS, a FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), a CUT-MS (Central Única dos Trabalhadores de Mato Grosso do Sul) e entidades sindicais, além do mote principal do Grito dos Excluídos, que tem como Vida em Primeiro Lugar. “DESIGUALDADE GERA VIOLÊNCIA: BASTA DE PRIVILÉGIO” -

NENHUM DIREITO A MENOS também estarão realizando um ato com compromisso da luta pelo fim da violência contra as mulheres, onde acenderemos velas e faremos uma intervenção artística com carinho e respeito a memória da companheira Professora Ildonei.

A arte nacional também demonstra a força da MULHER como figura principal, como geradora da vida, que une as forças e luta com o povo sofrido, especialmente  na atual conjuntura que vive o povo brasileiro. A arte pretende trazer esperança, não se prende nas mazelas sociais e injustiças, mas olha para o bem comum,  amplia o olhar para ver de outra forma e anima os caminhantes nessa árdua e gratificante tarefa de construir o reino de Deus, começando aqui e agora.

DIA DOS EXCLUÍDOS
Dia 07 de Setembro de 2018
Horário 08 horas
Concentração em frente ao Colégio Dom Bosco

Assessoria