"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

04/12/2017 13:25 - Frente Brasil Popular realiza Plenária Estadual na FETEMS

No último sábado, dia 02 de dezembro, no auditório da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), mais de 300 pessoas participaram da Plenária Estadual da Frente Brasil Popular de Mato Grosso do Sul. Representações de partidos políticos como PCdoB, PT e PDT, e de movimentos sociais, como CUT, CTB, MST, Marcha Mundial de Mulheres, UBM, UNE, entre outros que compõem a Frente Brasil Popular, estiverem presentes.

Com a presença de Gilberto Carvalho, ex-ministro dos governos Lula e Dilma, e de Paulo Cayres, secretário nacional sindical do PT, foi realizado um importante debate sobre a conjuntura, os rumos do país e o papel dos movimentos sociais neste momento. Segundo o presidente estadual do PCdoB/MS e membro da coordenação da FBP-MS, Mario Fonseca, "foi uma plenária vitoriosa, que preparou em alto estilo a participação de Mato Grosso do Sul na II Conferência Nacional da Frente Brasil Popular. Debatemos saídas para a crise desencadeada pelo golpe de 2016, bem como o papel dos movimentos sociais e das forças progressistas na luta pela restauração da democracia, dos direitos sociais e da soberania nacional".

"A Plenária da Frente Brasil Popular demonstra que as entidades sindicais e movimentos sociais estão unidos para lutar contra o pacote de desmonte da Previdência Social, do Governo Federal", disse o presidente da FETEMS, Jaime Teixeira.

A II Conferência Nacional da Frente Brasil Popular será realizada nos próximos dias 9 e 10 de dezembro, na Escola Nacional Florestan Fernandes, em Guararema-SP. A FBP-MS participará, a priori, com 10 delegados, número que pode ser ampliado. Foram escolhidos como delegados e também para possíveis novas vagas na delegação representantes das seguintes organizações: PT, PCdoB, PDT, CUT, CTB, MST, Marcha Mundial de Mulheres (MMM), União Brasileira de Mulheres (UBM), Comitê Estadual de Luta Contra as Reformas Previdenciária e Trabalhista, movimento negro, movimento LGBT, movimento estudantil e Nação Hip Hop Brasil-MS. A Conferência Nacional discutirá a conjuntura atual, aprofundando o debate sobre as linhas programáticas, a natureza e a organização da Frente para o próximo período. Discutirá, ainda, a possível convocação de um congresso nacional do povo, com milhares de participantes.

A próxima etapa será realizar uma nova plenária estadual para definir a reformulação da coordenação estadual da Frente Brasil Popular em Mato Grosso do Sul, aproveitando a atual composição e agregando novas representações. Para amanhã, na terça-feira (05/12), a FBP-MS convoca os militantes das organizações que dela fazem parte a participarem do Dia Nacional de Lutas em Defesa da Aposentadoria.

Assessoria