"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

30/11/2017 14:04 - Nota de repúdio ao ataque sofrido pelos servidores públicos do estado de Mato Grosso do Sul

Causa profundo estarrecimento e indignação a barbárie ocorrida 28/11/2017, quando servidores públicos do estado de Mato Grosso do Sul, foram agredidos pela Polícia Militar local durante um protesto pacifico contra a reforma da previdência Estadual.

 O Governo do Mato Grosso do Sul, preferiu a força. Ao invés de escutar os servidores e servidoras ali presentes, enviou a Tropa de Choque da PM. Que se valeu dos métodos que conhece: gás de pimenta, bombas de efeito moral e truculência. Como se estivesse lidando com uma horda de criminosos, e não mulheres e homens que dedicam suas vidas em prol do serviço público, inúmeros professores e professoras estavam presentes nesse ato.

 No período em que estamos vivenciando o grande retrocesso no país, onde as reformas e Pecs são aprovadas e a classe pobre é a mais afetada, é lamentável percebermos o descaso com os trabalhadores e trabalhadoras que constroem o país diariamente. Não podemos mais aceitar esse comportamento autoritário e tirânico, que só contribui para aumentar a crise institucional pela qual passa o Estado brasileiro.

 O SINASEFE-MS se solidariza com os servidores públicos estaduais e manifesta seu total repúdio ao governo do Mato Grosso do Sul e se coloca de prontidão para tomar parte nessa luta que não se restringe aos funcionários públicos estaduais, mas é de todos os brasileiros.

Corumbá MS, 29 de novembro de 2017.

 

SINASEFE

SEÇÃO MATO GROSSO DO SUL

SINASEFE