"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

11/11/2017 20:02 - SIMTED participa de conferência popular de Educação

A conferência popular de Dourados reuniu diversos eixos. A presidenta do SIMTED, Gleice Jane Barbosa, conduziu o Eixo VII "Planos decenais, SNE e valorização dos profissionais da educação: formação, carreira, remuneração e condições de trabalho e saúde".

A Secretária de Comunicação da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Deumeires Morais participou da abertura da Conferência. “É de suma importância a realização das CONAPE’s que foram construída pela CANTE e demais entidades que formavam o Fórum Nacional, que foi destituído pelo governo federal. É o momento de definirmos o que queremos para a Educação do Brasil. Não podemos esmorecer diante de tantos desmandos. Nós, da FETEMS estamos fazendo a nossa parte de resistir e lutar sempre”.

O grupo de trabalho, que reuniu docentes, concluiu que o ensino em Dourados apresenta inúmeros problemas. Dentre eles, o atendimento à Educação Especial, com a falta de capacitação de servidores e servidoras para atendimento a jovens e crianças.

A educação em Dourados vem sofrendo um processo de precarização, com retiradas de direitos de forma autoritária, sem diálogo.

Participaram da Conferência: o Deputado Estadual, João Grandão; Professor Miguel da UFGD; a Secretária de Comunicação da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Deumeires Morais; Carlos Vinicius, do Instituto Técnico Federal; Ivanete coordenadora do Fórum de Dourados e o vereador Elias Ishi.

 

CONAPE's

 

As conferências populares acontecem em estados e municípios e são uma alternativa à interferência do MEC no Fórum Nacional de Educação. Os debates buscam manter o monitoramento das metas e análise crítica do Plano Nacional de Educação, que foi prejudicado pelo congelamento de gastos por 20 anos por parte do Governo Federal.

Nos dias 30 de novembro e 1º de dezembro será realizada, também em Dourados, a etapa intermunicipal, que reunirá dez municípios da região.

Após as conferências municipais e estaduais, a etapa nacional será realizada em abril de 2018.

 

Veja abaixo a carta elaborada pelo Eixo VII aprovada durante o evento:

 

Nós, delegados e delegadas da Conape (Conferência Nacional Popular de Educação) Dourados-MS, repudiamos a política municipal da atual gestão, que vem retirando direitos das trabalhadoras e trabalhadores da educação, bem como repudiamos também os vereadores que votaram no Projeto de Lei 023, que prevê a equiparação salarial do grupo Magistério com as demais categorias do serviço público municipal.

Professores e professoras ganham em média menos da metade dos salários base de algumas categorias, além de ter a carreira com as menores vantagens.

A prefeitura, sem qualquer diálogo com a categoria, aprovou um projeto de lei que transforma parte da polícia salarial em gratificações, que serão pagas exclusivamente com os recursos dos royalties do petróleo. Tal recurso não há previsão de chegar ao município.

A lei, autoritária e sem necessidade, foi aprovado sob forte aparato policial na Câmara para intimidar educadores e educadoras que manifestaram-se contra.

É necessário que a administração trate a educação com seriedade e se proponha a dialogar com servidoras e servidores da educação.

SIMTED Dourados