"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

16/10/2018 09:47 - FETEMS conquista Piso Nacional e Professores(as) recebem reajuste na folha de pagamento do mês de outubro

A FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), mais uma vez conquistou o Piso Nacional de 6,81% dos(as) Professores(as), em Mato Grosso do Sul, sendo o melhor salário do país.
Os(as) Professores(as) recebem na folha de pagamento de outubro, conforme a Lei Complementar, nº. 200, de 13 de julho de 2015 e Lei Complementar, nº. 239, de 29 de setembro de 2017, o Reajuste do Piso Nacional para 2017 (7,64%). Em abril deste ano, quem faz 40 horas, obteve um reajuste de 3,04% (R$3.702,66). Neste mês de outubro receberão R$3.842,30 (40h), com o reajuste de 3,77% da diferença do Piso Salarial de 2017 para 2018.
"Conforme acordado entre a FETEMS e o Governo do Estado e é Lei, definida dia 28 de dezembro de 2018, pelo ministro da Educação, na época Mendonça Filho, o reajuste de 6,81%, os(as) professores receberam a primeira parte junto com o reajuste linear dos(as) servidores(as), e depois que o restante agora em outubro. O salário na rede estadual de ensino chegou a R$ 3.842,30 mil ao professor(a) de ensino médio (40 horas). Lembrando que os SIMTED's de cada município tem sua negociação e acordos firmados", pontuou o Presidente da FETEMS, Professor Jaime Teixeira.
Em dezembro, o Piso será de R$ 4.052,80 por 40 horas e com o reajuste de 5,478% o que faltará para atingir 82,53% do Piso Nacional para 20 horas (LC 239/2017).

Piso - O reajuste anunciado dia 28 de dezembro de 2017, pelo ministro na época Mendonça Filho, segue a Lei do Piso, que estabelece a atualização anual do piso nacional do magistério, sempre a partir de janeiro.
No entanto, o Presidente da FETEMS, Professor Jaime Teixeira alerta de que ainda faltam dois anos para o cumprimento da meta 17 do Plano Nacional de Educação, que estabelece que até 2020 o salário médio dos(as) professores(as) deve ser equiparado com o salário médio de outras profissões.

 

 

 

Assessoria