"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

14/05/2018 17:54 - Mais de 75% dos/as Profissionais em Educação de Ponta Porã estão parados

No dia 07 de maio, o SIMTED de Ponta Porã realizou assembleia geral com os/as Profissionais em Educação para repassar que o prefeito Hélio Peluffo (PSDB) não quer pagar o Piso Nacional e ofereceu apenas 3% linear para todos/as os/as funcionários/as municipais e sem o retroativo. Em votação, os/as Profissionais em Educação de Ponta Porã não aceitaram a proposta de 3% do prefeito Helio e deliberaram greve geral.
Hoje, dia 14 de maio, completa quatro dias de greve e mais de 75% dos/as Profissionais em Educação de Ponta Porã estão parados.
"Independente do posicionamento da categoria o prefeito Hélio Peluffo encaminhou para Câmara Municipal o projeto em regime de urgência antes mesmo da resposta da categoria e não quer cumprir a carta compromisso que assinou durante as eleições municipais que a valorização dos/as Profissionais em Educação seria prioridade em sua gestão", disse o Presidente do SIMTED de Ponta Porã, Edvaldo Vieira.
"Além de não querer cumprir a Lei do Piso Nacional de Educação, o prefeito está jogando os vereadores contra a categoria, onde o vereador Edvaldo Matoso, durante a sessão na Câmara Municipal generalizou chamando os/as Profissionais em Educação de porcaria", enfatizou o Presidente do SIMTED de Ponta Porã, Edivaldo Vieira.
"A categoria está unida e permaneceremos em greve até que o prefeito avance nas negociações e valorize os/as Profissionais em Educação", finalizou Edvaldo Vieira.

Assessoria