Debate do Piso e da incorporação continua com o Governo do Estado

A direção da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação do Mato Grosso do Sul) esteve em reunião, nesta terça-feira (18), com o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Eduardo Riedel, o secretário de Estado de Administração e Desburocratização, Carlos Alberto de Assis e  o secretário adjunto da Secretaria de Administração e Desburocratização, Édio Viegas, para dar continuidade às negociações sobre o cumprimento do reajuste da Lei do Piso Salarial Nacional de 2017 de 7,64%, já que a data base da categoria é janeiro e o percentual está garantido pela legislação nacional n° 11.738, de 16 de julho de 2008.

Além disso, a categoria dos professores também é respaldada pela lei complementar nº 200, de 13 de julho de 2015, que dá garantia da integralização do piso por 20h para os professores estaduais e essa questão passa por dois reajustes, um em janeiro e o outro em outubro, até 2021. Também esteve na pauta do debate a incorporação dos R$ 200 do abono dos administrativos em educação.

Participaram da reunião representando a FETEMS, o presidente, Roberto Botareli, o secretário de finanças, Jaime Teixeira e o secretário dos administrativos, Wilds Ovando.

De acordo com o presidente da FETEMS, Roberto Botareli, o Governo reconhece as legislações e o debate passa pela situação financeira do Estado, mas a Federação deixou claro que não abre mão dos direitos adquiridos pela categoria. “Estamos lutando para não perdermos os nossos direitos e vamos continuar nessa batalha, optamos pelo caminho do diálogo, até se esgotarem as possibilidades, pois sabemos a demora se optarmos pelas vias judiciais e o embate será utilizado caso não consigamos uma proposta plausível que a categoria aprove em nossas instâncias deliberativas”, explicou.

Nesta quarta-feira (19), a FETEMS se reúne com o Governo novamente, pela manhã, para que seja apresentada uma proposta que será apresentada em um Conselho de Presidentes, para os representantes dos 73 sindicatos filiados à Federação, no início da tarde. Na oportunidade será debatido como estão as negociações e após isso os sindicatos debaterão com suas bases a situação para tirar a deliberação da categoria. 

Karina Vilas Boas - FETEMS

VEJA TAMBÉM

NACIONAL

Professores sentem a...

A perda de direitos trabalhistas deve aflorar um cenário já desfavorável aos...

NACIONAL

Vice-presidenta da FETEMS...

A vice-presidenta da FETEMS e Secretaria Nacional Adjunta de Formação da CUT,...

ESTADUAL

FETEMS foi à região nor...

A FETEMS esteve nos municípios de Sonora, Rio Verde, Pedro Gomes e Coxim, nesta...