19 de Abril - Dia do Índio

Em países como México, Chile e Brasil, convencionou-se determinar a comemoração do Dia do Índio em 19 de abril em respeito à realização do Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Esse congresso foi realizado no México, em 1940, e, como o próprio nome “indigenista” indica, tratou dos problemas relacionados com a situação dos povos indígenas nas Américas (do Norte, Central e do Sul); por isso recebeu o nome de “interamericano”.

Entre a segunda metade do século XIX e a primeira metade do século XX, houve um interesse crescente de estudiosos pelas culturas indígenas. Esses estudiosos receberam o nome de etnólogos, termo que vem de “etnos”, que significa “povo”. A etnologia contribuiu para que muitos aspectos da forma de organização social dos índios passassem a ser respeitados e recebessem incentivos estatais para a sua preservação.

A data simbólica de 19 de abril, sugerida no congresso mencionado acima, serviu como pontapé inicial para que a cultura indígena fosse valorizada também pelo público não especializado, isto é, as pessoas que não estudam cientificamente a história e a vida das tribos etc. No caso específico do Brasil, o acatamento da sugestão do dia 19 de abril veio em 1943.

Neste dia 19 de abril de 2017, mais especificamente em Mato Grosso do Sul, que possui a segunda maior população indígena do país, a FETEMS não poderia deixar de lembrar a data e de reforçar a luta deste povo por direito e igualdade.

Em 2015 fizemos uma Revista Atuação especial sobre a educação indígena e recordamos a publicação hoje, deixando disponível para todos e todas o seu link de acesso AQUI.

Direção da FETEMS

VEJA TAMBÉM

ESTADUAL

A Educação vai parar!...

Governo do Estado não paga reajuste aos educadores - 30 de maio - Paralisação...

NACIONAL

Ocupa Brasília leva mais...

FETEMS presente na luta pelos direitos e Fora Temer!

ESTADUAL

NOTA PÚBLICA

CHEGOU A HORA DE ACABAR COM A RENÚNCIA FISCAL.