Educadores debatem papel estratégico da formação de lideranças no Encontro Nacional de Formação da CNTE

O Coletivo de Formação da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação/CNTE se reuniu na tarde de ontem (11), no Hotel Nacional, em Brasília/DF, com o objetivo de participar da mesa de debate “A importância da formação de lideranças como estratégia para enfrentar a conjuntura”, conduzida por Rosane Bertotti, secretária nacional da área na Central Única dos Trabalhadores/CUT, e acompanhar a apresentação sobre o programa nacional de formação da instituição.

A convidada fez a retrospectiva dos 34 anos de atuação da CUT, das relações com os sindicatos, movimentos sociais e articulação com o mundo trabalho. Analisou, ainda, o cenário político brasileiro, que envolve o golpe, estruturado a partir da corrupção no Congresso Nacional, parcialidade do Judiciário e o comprometimento da mídia. “Não podemos olhar o papel da formação sem olharmos onde estamos, quem somos e quem fomos. É preciso fazer a leitura da realidade”, relembra Bertotti.

A mediadora convidou o grupo a refletir sobre os desafios de formar sujeitos para a transformação social, levando-se em consideração a Educação, com a capacidade de despertar o espírito revolucionário, apontar a construção de lideranças e semear esperança e utopia. “A formação deve estar sempre ligada à ação e à estratégia, mudar a vida das pessoas”, relembra Bertotti, que conversou com os educadores, também, sobre os princípios de formação, como a democracia, a integralidade do ser humano, a inclusão das dimensões política, ideológica e técnica, sem perder de vista as especificidades de cada região, e as perspectivas do financiamento e investimento.

Na segunda parte dos trabalhos, Sueli Veiga, secretária adjunta de formação da CUT e vice-presidente do FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), filiada à CNTE, partilhou a política nacional de formação da Central Única dos Trabalhadores. “As ações se organizam em rede e se efetivam por meio de programas”, explica Veiga. Dentre as iniciativas desenvolvidas estão os cursos de Organização de Representação Sindical de Base, Gestão Sindical, Concepção, Estrutura e Prática Sindical, Formação de Formadores, Desenvolvimento, Políticas Públicas, Direitos Humanos e Ação Regional, entre outros.

A reunião do Coletivo, coordenada pela secretária da área, Marta Vanelli, segue até hoje (12), com as apresentações das propostas de planejamento da Secretaria de Formação da CNTE, da nova Plataforma Virtual e de formação das afiliadas.

 

CNTE

VEJA TAMBÉM

MUNICIPAL

Prefeitura prorroga prazo...

Já os alunos novos deverão fazer a pré-matrícula a partir de 1º de dezembro...

NACIONAL

FETEMS participa de ato e...

A FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) par...

ESTADUAL

FETEMS é contra o fecham...

FETEMS é contra o fechamento de escolas nos municípios de Mato Grosso do Sul