Apresentação alerta aposentados sobre os ataques do golpe à previdência social

A Secretária dos Aposentados e Assuntos Previdenciários da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Olinda Conceição da Silva  do Coletivo de Aposentados e Assuntos Previdenciários, no Hotel Nacional. A reflexão sobre os impactos das mudanças para os trabalhadores em Educação foi realizada por Selene Michielin, secretária da área na CNTE, e Eduardo Ferreira, assessor da instituição.

Ainda sobre os ataques à previdência, Eduardo Ferreira enfatiza o caráter neoliberal e entreguista das medidas, que são sentidas pelos aposentados, como a demora para o recebimento dos proventos e no caso das alíquotas previdenciárias majoradas nos Estados.

De acordo com ele, dentre as principais perdas de direitos, estão o tempo mínimo para a concessão da aposentadoria, que aumenta de 15 para 25 anos de contribuição, o fim definitivo da paridade e a integralidade para quem ingressar no novo regime, e o fato de o acúmulo de aposentadoria e pensão não poder exceder dois salários mínimos.

 

Encontro Nacional de Formação Sindical

 

Também no dia 12 de setembro, o Secretário de Formação Sindical da FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Onivan Correa participou do Encontro Nacional de Formação Sindical que tem como objetivo de aprofundar e incentivar a implantação do Programa de formação da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação).

 

Assessoria/CNTE

VEJA TAMBÉM

MUNICIPAL

Prefeitura prorroga prazo...

Já os alunos novos deverão fazer a pré-matrícula a partir de 1º de dezembro...

NACIONAL

FETEMS participa de ato e...

A FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul) par...

ESTADUAL

FETEMS é contra o fecham...

FETEMS é contra o fechamento de escolas nos municípios de Mato Grosso do Sul