FETEMS realiza assembleia com os 74 SIMTED's

A FETEMS (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), reuniu no dia 03 de outubro, em assembleia, os 74 SIMTED's.

Os/as profissionais em Educação debateram sobre o Projeto de Lei n° 8.242/16 da Lei da Mordaça e sobre a Resolução n. 2.999, do dia 15 de setembro , do OSC (Credenciamento de Organizações da Sociedade Civil), que tem como objetivo único acabar com a realização de Concurso Público para professores e administrativos e 'Terceirizar a Educação'. 

Durante a assembleia, o palestrante Professor do Programa de Pós-Graduação de Antropologia Social da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul), Guilherme Passamani expôs porque os/as educadores/as são contra a Lei da Mordaça.

"A Lei da Mordaça censura e persegue a liberdade de expressão garantida pela Constituição Federal. Não podemos voltar a viver num Regime Militar, se aprovada acaba com a democracia nas salas de aula. Teremos perseguição e não poderemos mais construir debates e nem ter troca de saberes. A Escola sem Partido é um golpe das bancadas conservadoras do Congresso Nacional que quer retirar disciplinas com debates contra opressões e violências e temas como homossexualidade ou ideologia de gênero", enfatizou o Professor Guilherme Passamani.

Também foram deliberadas os encaminhamentos para a VII Conferência Estadual da FETEMS - 'Em Defesa do Plano Nacional de Educação e dos Direitos' - Rumo ao Centenário de Paulo Freire e o lançamento da Campanha pela Revogação da Reforma Trabalhista , entre outros encaminhamentos.

Assessoria

VEJA TAMBÉM

ESTADUAL

IV Seminário Estadual de...

O Seminário tem como objetivo conhecer as realidades e estabelecer um diálogo...

ESTADUAL

Hospital Cassems Campo Gr...

Os dias 24 e 25 de outubro serão dedicados a conscientização e prevenção da...

NACIONAL

Vice-Presidenta da FETEMS...

O foco da reunião é o Combate à Reforma Trabalhista; Combate à Reforma da Pr...