"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

14/02/2019 10:28 - Publicado do D.O. o resultado dos recursos interpostos do resultado preliminar do Concurso para Professores(as), o resultado oficial definitivo da prova escrita objetiva e a convocação para a 2º etapa

Foi publicado hoje, dia 14 de fevereiro, nas páginas 06, 07 e 08, do Diário Oficial n. 9843, o resultado dos recursos interpostos do resultado preliminar do Concurso para Professores(as), o resultado oficial definitivo da prova escrita objetiva e a convocação para a 2º etapa.

O candidato poderá realizar a consulta ao Resultado dos Recursos, da consulta ao Resultado Oficial Definitivo da Prova Escrita Objetiva por meio do site www.funrio.org.br, acessando a Área do Candidato.

A Prova Escrita Discursiva, com duração de 5 (cinco) horas, será realizada em Campo Grande, conforme especificações abaixo:

Local: Uniderp

Endereço: Avenida Ceará, 333

Bairro: Vila Antônio Vendas

Data: 17 de fevereiro de 2019

Horário de abertura dos portões: 12 horas (horário de MS)

Horário de fechamento dos portões: 14 horas (horário de MS)

O Cartão de Convocação, contendo o local específico em que o candidato realizará a Prova Discursiva, encontra-se disponível na respectiva Área do Candidato, constante no site https://www.funrio.org.br/, devendo o candidato imprimi-lo e levá-lo consigo no dia da prova.

É de inteira responsabilidade do candidato (a), a ciência e a correta identificação da localização de seu local de prova. Não será permitido, em nenhuma hipótese, o ingresso no local de provas do candidato que se apresentar após o horário especificado para fechamento dos portões.

Para a realização da Prova Escrita Discursiva, os candidatos deverão apresentar-se no local da prova com antecedência mínima de 1 (uma) hora do horário  de seu início, observado o horário oficial de Mato Grosso do Sul, munidos de documento de identificação com foto, e trajando vestimenta adequada, sendo que a inobservância desta regra pelo candidato será causa de exclusão do Concurso Público de Provas e Títulos – SAD/SED/MAG/2018.

Para a identificação do candidato somente serão aceitos os seguintes documentos de identificação com foto, devendo ser apresentado, preferencialmente, o documento utilizado na inscrição:

a) Cédula Oficial de Identidade (RG) expedida por Secretaria de Segurança

Pública (com o registro da etnia indígena, quando for o caso);

b) Carteira das Forças Armadas ou de suas forças auxiliares;

c) Carteira Nacional de Habilitação (CNH - Carteira de Motorista, modelo novo, com foto);

d) Carteira expedida por Órgãos ou Conselhos de Classe, com valor de identidade;

e) Carteira de Trabalho e Previdência Social - CTPS;

f) Passaporte Brasileiro.

3.1. Não serão aceitos para identificação do candidato quaisquer documentos não previstos no subitem anterior.

 O documento de identificação com foto deverá estar em perfeitas condições de forma e dentro de seu prazo de validade (quando for o caso), permitindo, com clareza, a identificação do candidato, não sendo aceita cópia, ainda que autenticada.

Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar, no dia de realização das provas, documento de identificação com foto original por motivo de extravio, furto ou roubo, apropriação indébita ou outra infração penal, deverá ser apresentado documento, expedido nos últimos 30 dias, que ateste o registro da ocorrência em órgão policial, sendo que, neste caso, o candidato participará das provas de forma condicional, ocasião em que será submetido à identificação especial, compreendendo coleta de dados, datiloscópica e de assinatura de termo de compromisso para apresentação de documento hábil, no prazo máximo de 20 (vinte) dias corridos.

O candidato que deixar de cumprir o termo de compromisso no prazo estabelecido no subitem anterior será excluído do certame. O candidato poderá, ainda, ser identificado mediante coleta de digital do dedo polegar, simultaneamente à apresentação do documento de identificação com foto original, a critério da Comissão Organizadora do Concurso Público.

A Prova Escrita Discursiva deverá ser feita pelo próprio candidato, à mão, em letra legível, com caneta esferográfica de tinta azul ou preta, que não apague, fabricada em material transparente, não sendo permitida a interferência e/ou a participação de outras pessoas, salvo em caso de candidato a quem tenha sido deferido atendimento especial para realização das provas. Nesse caso, se houver necessidade, o candidato será acompanhado por fiscal de sala devidamente treinado, para o qual deverá ditar os textos, especificando oralmente a grafia das palavras e os sinais gráficos de pontuação.

O candidato será reprovado na Prova Discursiva e estará automaticamente eliminado do Concurso Público de Provas e Títulos – SAD/SED/MAG/2018, se obtiver pontuação igual a 0 “zero” em alguma das questões dissertativas ou no texto dissertativo argumentativo.

Nenhuma das folhas do Caderno de Respostas da Prova Escrita Discursiva poderá ser assinada, rubricada e/ou conter qualquer palavra e/ou marca que a identifique em outro local que não seja o indicado, sob pena de ser anulada. Assim, a detecção de qualquer marca ou característica identificadora indevida acarretará a exclusão do candidato do certame.

O candidato, ao ingressar no prédio para realizar a Prova Escrita Discursiva, deverá dirigir-se à sala em que prestará a prova, onde, após ser identificado, tomará assento e aguardará seu início.

Após o ingresso do candidato na sala em que prestará a prova, não será permitida sua saída, antes do início da aplicação da Prova.

O candidato somente poderá retirar-se do local de realização das provas, em definitivo após decorridas 4 (quatro) horas de seu início, podendo levar consigo o caderno de provas.

Ao término do prazo estabelecido para a prova, os 3 (três) últimos candidatos deverão permanecer na sala até que o último candidato termine sua prova, devendo todos assinarem a Ata de Sala atestando a idoneidade da fiscalização das provas e acompanharem o fechamento do material de aplicação.

Ao final da prova, se o quantitativo de candidatos que permanecer na sala exceder ao estabelecido no subitem anterior, será utilizado o critério da ordem alfabética crescente para definir os três candidatos que irão atestar o procedimento descrito no item anterior.

O resultado da Prova Escrita Discursiva será divulgado através de edital próprio, a ser publicado no Diário Oficial do Estado, no endereço www.imprensaoficial.ms.gov.br e disponibilizado, via Internet, no sítio www.funrio.org.br contendo a pontuação obtida pelos candidatos, em ordem alfabética.

Assessoria