"Ninguém educa ninguém. ninguem educa
a si mesmo, os homens se educam entre si,
mediatizadas pelo mundo."
Paulo Freire

11/09/2020 11:04 - SEMANA FREIREANA: Em Defesa da Vida e da Educação

“Eu sou um intelectual que não tem medo de ser amoroso. Amo as gentes e amo o mundo. E é porque amo as pessoas e amo o mundo que eu brigo para que a justiça social se implante antes da caridade” (Paulo Freire).

A Lei n. 12.612, de 13 de abril de 2012, declara o educador Paulo Freire Patrono da Educação Brasileira. Paulo Reglus Neves Freire, nasceu no dia 19 de setembro de 1921, na cidade do Recife. Um dos pensadores mais notáveis da pedagogia mundial, defensor de uma prática dialética em busca da formação integral do ser humano. O seu livro “Pedagogia do Oprimido” é a terceira obra mais citada em trabalhos acadêmicos da área de humanas em todo o mundo. Recebeu 35 títulos de Doutor Honoris Causa de universidades da Europa e América e contribuiu com as reformas educacionais nos países da África que falam a língua portuguesa, com mais intensidade na Guiné-Bissau e em Moçambique.

No sábado (19 de setembro) celebraremos os 99 anos de nascimento do Educador Paulo Freire. Neste sentido, as entidades do movimento educacional brasileiro, reunidas no Fórum Nacional Popular de Educação (FNPE), convocam todo o povo brasileiro a celebrar a Semana Freireana em Defesa da Vida e da Educação Pública, vamos juntos e juntas reivindicar, anunciar, denunciar, agitar, mobilizar e fortalecer as lutas por Justiça Social.

Dia 14 de setembro, vamos denunciar a incompetência do Ministério da Educação.

Dia 15 de setembro, vamos reivindicar a aplicação de medidas necessárias para salvar vidas e para garantir o direito a educação pública para todos e todas.

Dia 16 de setembro, vamos anunciar ao mundo os nossos preparativos para comemorar o Centenário de Nascimento do Paulo Freire.

Dia 17 de setembro, vamos agitar o Brasil em defesa do orçamento 2021 para a educação Pública.

Dia 18 de setembro, vamos anunciar e mobilizar pela realização da Conferência Nacional Popular de Educação (CONAPE-2022).

Dia 19 de setembro, vamos fortalecer as lutas em defesa da Justiça Social. “Me movo como educador, porque, primeiro, me movo como gente” (Freire) e “gente é muito bom, gente deve ser o bom, tem de se cuidar, de se respeitar o bom… gente viva, brilhando estrelas na noite, gente quer comer, gente que ser feliz, gente quer respirar ar pelo nariz, gente lavando roupa, amassando pão, gente pobre arrancando a vida com a mão, no coração da mata gente quer prosseguir, quer durar, quer crescer, gente quer luzir, GENTE É PRA BRILHAR, NÃO PRA MORRER DE FOME”(Caetano Veloso).

Prof. Heleno Araújo
Presidente da CNTE
Diretor do SINTEPE

CNTE